Total de visualizações de página

quarta-feira, 14 de agosto de 2019



Desarticulada rede de prostituição em Caucaia


Quatro pessoas foram detidas na operação da Dececa e do Escritório de Combate ao Tráfico de Seres Humanos

Após um ano de investigações decorrentes de denúncia que havia sido feita ao Escritório de Combate ao Tráfico de Seres Humanos (TSH), quatro pessoas foram presas em flagrante na manhã de ontem, na zona rural do Município de Caucaia, acusadas de tráfico de pessoas para fim de exploração sexual.

Segundo a Polícia, os acusados, Cristiane Araújo Moreira, 29; Cássia da Cunha Cantalupo, 32; Dulcineide Caldas Araújo, 40; e Francisco Alexandre Moura Filho, 24, são donos de quatro casas de prostituição e estavam mantendo mulheres com idade que variavam entre 20 a 25 anos, em condições de exploração sexual.

De acordo com Eline Marques, coordenadora do TSH no Estado, ao receber a denúncia ainda no ano passado, foi solicitado a outros órgãos do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) que realizassem uma investigação sobre os suspeitos. Há cerca de um mês, o escritório recebeu um relatório completo da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), com nomes, fotografias e locais onde as garotas eram mantidas.

Ao ter em mãos todas as informações, o TSH entrou em contato com a delegada Ivana Timbó, titular da Delegacia de Combate aos Crimes de Exploração Contra Criança e o Adolescente (Dececa), para que a investigação passasse para um outro nível. “Ao ser comunicada do caso, solicitei ao juiz da 3ª Vara Criminal de Caucaia mandados de busca e apreensão para os locais indicados na denúncia. Hoje (ontem) pela manhã, fizemos as diligências, fechamos as casas, retiramos todas as garotas e prendemos os proprietários em flagrante”, explicou a delegada. Além do crime de tráfico de seres humanos, os acusados vão responder por outros delitos.

De acordo com Ivana Timbó, eles responderão pelos crimes de manutenção de casa de prostituição e rufianismo (levar proveito da prostituição alheia). A delegada destacou que, apesar de todas as mulheres encontradas nas casas de prostituição serem maiores de idade, algumas estavam naquela situação desde quando ainda eram adolescentes.

“Não encontramos nenhuma adolescente nas casas, mas vamos continuar investigando se existiam menores, que podem ter sido transferidas para outros locais antes da operação policial”, ressaltou. A Polícia investiga também a denúncia de que uma garota ainda adolescente teria ficado grávida em uma das casa ´estouradas´ na operação.

Para Eline Marques, a situação encontrada comprovou tráfico de seres humanos para fins de exploração em todos os locais visitados.

Conforme a coordenadora do TSH, nas casas existiam alojamentos e as garotas relataram que eram transferidas de um município para outro em determinadas épocas. Além disso, ressalta Marques, “as condições em que elas estavam eram totalmente precárias”.

Denúncias

As denúncias sobre tráfico de seres humanos cresceram cerca de 1.066 por cento nos últimos cinco anos, segundo dados do TSH. Somente nos primeiros dias do ano, já são mais de 200 casos relatados, todos estão sendo investigados pelo Escritório.

Fontes: Jornal Diário  do Nordeste e redes sociais 


quinta-feira, 18 de julho de 2019


Resultado de imagem para feira de agricultura familiar em caucaia


Feira Itinerante leva variedade de produtos ao Araturi; amanhã é a vez do Metrópole


A Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Pesca (Seagri) promoveu nesta quinta-feira (18/7) no Araturi mais uma edição da Feira Itinerante da Agricultura Familiar. A ação é fruto de parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS) e o Governo do Estado. Amanhã, a feira itinerante segue para o Metrópole.
A dona de casa Maria Socorro da Penha, de 63 anos, aproveitou para comprar frutas, verduras e capim santo. “Gosto muito de fazer chá. É gostoso e faz bem pra saúde. Já estou ansiosa que na próxima semana o ônibus venha de novo e tenha semente de sucupira, que é um ótimo remédio para artrose. Esse projeto é bom demais! Ter uma feira dessas completas perto de casa é uma maravilha.”
Para o técnico em cooperativismo Francisco Queiroz, “a agricultura familiar deve ser estimulada, pois é bom tanto para o produtor como para o consumidor final, que se alimenta de forma saudável, sem agrotóxico, evitando que a dona de casa compre alimentos que podem causar problemas de saúde.”
O secretário municipal de Agricultura, Cézar Cordeiro, ressalta que “a intenção é expandir para outros bairros. Temos tido muita procura na Tabuba, na Jurema e no Planalto Caucaia. Pretendemos botar o ônibus pra rodar todo dia em um lugar diferente, levando produtos de qualidade até a porta da dona de casa.”
Os produtos são diversos: frutas, verduras, bolos, doces, tapiocas e artesanato, além de animais como aves, com uma variedade de artigos com preços até 50% abaixo dos praticados no mercado regular.

Fonte: - Prefeitura de Caucaia - Assessoria de Comunicação

segunda-feira, 8 de julho de 2019


...OS OPERÁRIOS DO BREGA...
São cantores, compositores e radialistas,muitos anônimos, aqui cearense, que de forma continua e até persistente continuam lutando para manter o autêntico brega vivo.....

sexta-feira, 14 de junho de 2019


No CE, Fortaleza e mais 56 cidades confirmam atos nesta sexta-feira (14)

O Brasil vai parar nesta sexta-feira (14) é o que prometem as Centrais Sindicais, movimentos populares, as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo que unem forças para a realização da Greve Geral que acontece amanhã, 14 de junho em todo o Brasil. A Greve Geral tem como principal bandeira ser contra a reforma da Previdência (PEC 06/2019), que, pode retirar direitos fundamentais ligados à aposentadoria, também por mais emprego e contra os cortes na educação


No Ceará, até o momento, 57 municípios confirmaram atividades ligadas à Greve Geral. A ação já conta com a adesão de várias categorias profissionais como: professores e trabalhadores em educação municipais e do estado, motoristas e cobradores de ônibus, metalúrgicos, servidores públicos, petroleiros, trabalhadores da construção civil, da indústria e do comércio, bancários, agricultores familiares, entre outros setores.

Em Fortaleza, a concentração do ato está marcada para às 10h30, na Praça da Bandeira, no Centro da cidade


Fonte:Site brasildefato e redes sociais

quarta-feira, 29 de maio de 2019

Votorantim investirá R$ 200 mi no Pecém

A fábrica da Votorantim Cimentos no Pecém vai receber R$ 200 milhões em investimentos e aumentará em 800 mil toneladas/ano a capacidade de moagem de cimento da unidade, atualmente de 200 mil toneladas/ano. Após a conclusão, a unidade passará a ter uma capacidade de produção total de 1 milhão de toneladas/ano de cimento. As obras estão previstas para começar no primeiro semestre deste ano.
O anúncio oficial do aporte foi feito na sede da empresa, durante reunião entre o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), o presidente global da Votorantim Cimentos, Marcelo Castelli, e a diretoria executiva da companhia, ontem. O secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), Maia Junior, também esteve na reunião, onde o acordo para investimento foi fechado.
"Essa é uma grande notícia para o Estado do Ceará, que tem crescido muito nos últimos anos, fruto de nossa política de atração de investimentos e do nosso equilíbrio fiscal. Somos hoje o estado com o maior volume de investimentos públicos, proporcional à receita corrente líquida; mais que o dobro do país. Temos investido muito em infraestrutura e atraído grandes investimentos privados. O Ceará tem hoje a única Zona de Processamento de Exportação em pleno funcionamento no país. O Grupo Votorantim é um grande parceiro. A ampliação dos seus negócios no Ceará mostra que o grupo acredita no nosso Estado e na retomada da economia", disse Camilo, por meio de nota.
O presidente global da Votorantim Cimentos também se manifestou. "Estamos muito felizes em anunciar esse investimento no Ceará, um estado que nos acolhe muito bem, há longa data. Nosso objetivo, com essa ampliação, é estarmos preparados para atender o mercado do Nordeste com a previsão da retomada da economia e do setor da construção civil, gerando emprego, renda e bem-estar para a região e para o país. E ainda teremos outros empregos indiretos, gerados principalmente na cadeia de logística e de transporte", afirmou, também em nota.
A Votorantim Cimentos do Brasil foi fundada em 1933, no interior de São Paulo, e hoje é considerada uma das maiores empresas do setor de materiais de construção do mundo, estando presente em vários países, como Argentina, Bolivia, Brasil e Uruguai (América do Sul); Canadá e Estados Unidos (America do Norte); Luxemburgo e Espanha (Europa); Turquia (Europa/Asia); India (Asia); Morrocos e Tunísia (Africa).
A empresa faz parte da Votorantim S.A., um dos maiores grupos empresariais do Brasil, que possui um portfólio com operações em setores como cimento, metais e mineração, siderurgia, energia, celulose, suco de laranja e financeiro.
O Grupo hoje é composto por Votorantim Cimentos, Votorantim Metais, Banco Votorantim, Fibria, Citrosuco, CBA (Companhia Brasileira de Alumínio) e NEXA - fazem parte de um negócio que abriga mais de 536 unidades operacionais e emprega mais de 40 mil pessoas.

Fonte: Jornal o povo e redes sociais

quinta-feira, 9 de maio de 2019


presos do sistema penitenciário cearense vão  pagar
 pela utilização de tornozeleiras eletrônicas

A Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) aprovou nesta terça, 7, o projeto de lei nº 37/19 de autoria do Executivo que determina que presos do sistema penitenciário cearense paguem pela utilização de tornozeleiras eletrônicas. A propositura recebeu duas emendas: uma de Julinho (PPS), líder do Governo na AL, e outra do deputado Elmano Freitas (PT).
O deputado do PT incluiu a isenção à medida aos apenados que não sejam auxiliados pela Defensoria Pública. Estes somam mais de 80% da população carcerária do Estado, segundo estimativa de Patrícia Sá Leitão, supervisora das Defensorias Criminais do Ceará. "Se ocorrem oito audiências em uma tarde, se as oito não forem da Defensoria, na pior das hipóteses sete serão, em média", explica.
Camilo Santana argumenta que a cobrança traria benefício aos cofres públicos. A Defensoria Pública rebate dizendo que os custos com a monitoração eletrônica é ainda menor do que o de manter o preso dentro do sistema penitenciário. 
Julinho (PPS) expõe que apesar de a matéria não trazer o detalhamento do impacto econômico da medida para o Governo, acredita que a "economia será válida porque o Estado tem um gasto mensal com a disponibilização da tornozeleira para o preso e deixará de ter, apesar da exclusão dos presos hipossuficientes. A economia é inevitável".
O deputado ainda diz que a Secretaria de Administração Penitenciária, que será responsável pela aplicação, detalhará como se dará esse pagamento por parte dos internos.
A proposta não foi apresentada em regime de urgência, mas avançou rapidamente na Casa. Houve a entrada no Legislativo no último dia 24, a aprovação na Procuradoria Jurídica, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJR) e na comissão conjunta de sete grupos da AL no dia 30, e aprovação no plenário nesta terça, 7.
Fonte: Jornal o povo e redes sociais

sábado, 4 de maio de 2019




Município  de  Cascavel,  no  Ceará,  realiza  eleição  suplementar  para  prefeito  após  afastamento  de  gestores

Pleito acontece neste domingo (5). Ex-prefeita e ex-vice-prefeito tiveram mandatos cassados

 em 2018 por crimes de abuso do poder econômico e político.


O município de Cascavel, na Região Metropolitana de Fortaleza, realiza, neste domingo (5),
 eleição suplementar para escolher um novo prefeito. Ao todo, 52.470 eleitores devem 
participar da votação. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará
 (TRE-CE), três candidatos irão concorrer ao cargo: Paulinha Dantas (PTB), 
Tiago Ribeiro (PPS) e Zé de Lima (PV). O chefe do Executivo municipal eleito ficará no
 cargo até 31 de dezembro de 2020.
A cidade está sendo governada interinamente desde novembro de 2018 pelo 
ex-presidente da Câmara Municipal, Sebastião Uchôa (PDT), após a ex-prefeita, Ivonete 
Queiroz (PDT), e o ex-vice-prefeito de Cascavel, Waltemar Marias (PDT), terem sido
 afastados dos cargos.
O TRE-CE cassou os mandatos dos gestores por crimes de abuso do poder econômico e 
político. Os dois ficaram proibidos de se candidatar por oito anos. Entre os motivos, 
estão a contratação excessiva de servidores temporários e fraudulenta de estagiários, 
utilização de veículos do transporte escolar na campanha eleitoral e repasse irregular de 
verbas para associações.
Pleito suspenso
A eleição suplementar em Cascavel tinha sido marcada para o último dia 17 de
março, mas foi suspensa, depois que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou 
que o pleito só deveria ocorrer até que fossem julgados os embargos declaratórios.
Fonte:g1.globo.com/ce e redes sociais 

Desarticulada rede de prostituição em Caucaia Quatro pessoas foram detidas na operação da Dececa e do Escritório de Combate ao Tr...